Psicoterapia do Adulto

“O problema é que eu gostava demais dos meus pais e tive uma enorme dificuldade em me separar. A dependência afectiva da minha mãe, o amor por ela, solicitava-me tanto que dava azo a desligar-me facilmente das namoradas que arranjava. A admiração pelo meu pai, o desejo de lhe seguir as passadas fez-me interessar excessivamente pelos negócios dele, o que prejudicou grandemente a minha evolução profissional” – A Depressão, António Coimbra de Matos

São muitas e variadas as dificuldades que temos, e que nos levam felizmente a pedir ajuda. Homens e mulheres, crescemos com histórias e em culturas variadas.

Conhecemos diversos ambientes, fazemos aprendizagens e ligações. No percurso da vida ora sofremos dores e perdas ora somamos vitórias e abraços.

Por vezes e por inúmeras razões acumulamos um sofrimento maior que nos impede de ter a qualidade de vida desejada. 

Enviesamos afectos, somatizamos com doenças diversas, temos insónias, recorremos ao isolamento, temos alterações de humor … e chega um dia … precisamos de fazer uma análise sobre o passado, o presente, e o que queremos sonhar no futuro!

 

Se necessita de ajuda, não adie mais.
Algumas dificuldades podem ser mais facilmente ultrapassadas se acompanhadas desde cedo.


últimos artigos

“Uma forma de violência no casal”

“Estamos aqui porque pensamos já ter esgotado todas as nossas possibilidades de diálogo. Não conseguimos falar um com o outro sem ser a discutir, alias […]

ler artigo

“Primeiro está a miúda e depois estamos nós”

“O divórcio custou-lhe muito. “É sempre complicado”, diz José. Com filhos, pior ainda. “É uma dor enorme.” A menina tinha cinco anos. Ficou a morar […]

ler artigo

Transmissão psíquica transgeracional e construção de subjetividade: relato de uma psicoterapia psicanalítica vincular1

“O presente artigo tem como objetivo refletir acerca do processo de transmissão psíquica entre gerações, especificamente de uma modalidade – a transmissão psíquica transgeracional – […]

ler artigo