Artigos

O juiz que defende os filhos de pais em guerra

“Tanto nos agora designados divórcios sem consentimento do outro cônjuge com filhos menores, como na regulação das responsabilidades parentais, ou mesmo em iniciativas de promoção e proteção, quando são detetados indícios de que a criança é vitima de um processo de descredibilização de um dos progenitores é definida uma estratégia para esse caso em concreto, que muitas vezes é alterada ao longo do seu caminho. Procura-se ultrapassar este ambiente profundamente maltratante e stressante, que afeta as relações de filiação com o progenitor alienado, mas, sobretudo, atinge todo o desenvolvimento e saúde (física e psíquica) da própria criança.”

http://visao.sapo.pt/actualidade/sociedade/2016-01-30-O-juiz-que-defende-os-filhos-de-pais-em-guerra

Autor; J Plácido Junior  Revista Visão

Ferreira, Pedro Moura, Aboim, Sofia (2002). Modernidade, Laços Conjugais e Fecundidade: a Evolução Recente dos Nascimentos Fora do Casamento. Análise Social Vol. XXXVII, 163, 411-446.

“À luz da evolução demográfica da sociedade portuguesa, o aumento dos nascimentos fora do casamento tem de ser lido como fazendo parte de um ciclo caracterizado pelo aparecimento de novas tendências, designadamente o crescimento progressivo da taxa de divórcio, o aumento das relações conjugais não formalizadas e das situações de não coabitação ou a multiplicação do celibato desejado. A afirmação destas novas tendências sugere a emergência de novas formas de organização e de legitimação familiares que confrontam e concorrem com o modelo clássico de família nuclear sem, contudo, o porem em causa3”.

http://analisesocial.ics.ul.pt/documentos/1218732745G3aUM7hl4Ix30OB2.pdf

 

Autor; Pedro Moura Ferreira e Sofia Aboim

 

 

Torres, Anália Cardoso (1987), “Amores e desamores” – para uma análise sociológica das relações afectivas”, Sociologia, Problemas e Práticas, 3

http://sociologiapp.iscte.pt/pdfs/37/409.pdf

 

Autor; Anália Torres

 

 

 

A Família da Criança na Separação dos Pais: A Guarda Compartilhada»

20160921_21225020160921_213840

«A Família da Criança na Separação dos Pais: A Guarda Compartilhada».
Iniciativa que decorreu na Sede da POIESIS, Associação Portuguesa de Psicoterapia Psicanalítica de Casal e Família – em Lisboa, no passado dia 21 de Setembro.

A vida das famílias, a vida dos pais,  a vida da criança ; o que se passa no pós divórcio ?? As dificuldades sentidas por quem todos os dias tem de decidir sobre a vida das crianças !! Qual é afinal o superior interesse da criança ? Continuamos todos os dias a estudar e a reflectir sobre este tema que é um pouco de todos nós !! Ajudar as crianças a crescer melhor é ajudar os adultos de amanhã.